SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Concerto: Blasph & Beware Jack @ Santiago Alquimista

Dia 25 de Março era o dia oficialmente marcado não só para o lançamento do álbum "OPROCESSO", assim como para a apresentação do mesmo ao vivo na cidade de Lisboa.

Voltámos ao espaço Santiago Alquimista para mais um evento da Mano a Mano. Estava disponível desde o iníco da semana, o muito aguardado álbum que juntava Blasph a Beware Jack.

Como convidado para abrir a noite tínhamos João Tamura. O rapper de Lisboa que colabora também habitualmente com o nosso site em reportagens fotográficas de eventos teve para si cerca de trinta minutos para tocar alguns dos temas já conhecidos do público outrora partilhados pelo mesmo nas suas plataformas. A seu lado teve Holly, o jovem produtor que tem estado em grande ao longo dos últimos largos meses com uma quantidade considerável de material com qualidade. Harold (GROGNation) também participou no concerto como convidado. De salientar que a tripla ainda se encontra focada em últimos detalhes do projeto "Os Lobos que Comeram A Lua".

Como segundo "aquecimento" para os cabeças de cartaz da noite tínhamos o jovem rapper TOM. A mais recente aposta da Mano a Mano lançou muito recente mente o álbum "GuardaFactos" e aproveitou a oportunidade para tocar grande parte do mesmo ao vivo tendo ainda TNT como convidado no tema single "Manifesto".

"OPROCESSO" era então a atração principal da noite e a dupla entrou em palco ao som do tema "Bad Boys", o clássico tema dos Inner Circle lançado pelo DJ Nelassassim. Antes da apresentação propriamente dita, foi tempo para ouvir alguns dos temas mais aclamados dos projetos a solo tanto de Blasph como de Beware Jack. Assim sendo revisitámos "Frankie Dilúvio Vol.1", "Coisas de 1 Porco" e "A Memória de Futuro".

De seguida chegavam os aguardados novos temas onde podemos ainda contar com os convidados Sanryse, Nerve e ainda Maura Magarinhos. Todos os referidos integram a lista de convidados do projeto que conta com a produção executiva a cargo de Kilú.

Para fechar a noite, e a casa, foi tempo de ouvir mais um set de Sam the Kid. O rapper tem vindo a actuar com muita regularidade neste formato e, tal como referido na última reportagem em que tivemos oportunidade de o ouvir, são de facto notáveis as melhoras a nível de skill desde as primeiras vezes que o ouvimos atrás de uma mesa.

Foi mais uma noite de rap vivida em Lisboa com feedback positivo e ainda com oportunidade de poder ver ao vivo alguns dos valores da nova escola de rap nacional, assim como de assistir à apresentação de um dos projetos que vai marcando o ano corrente a nível de rap nacional.

A reportagem fotográfica ficou mais uma vez a cargo da Daniela K Monteiro com mais um trabalho notável em colaboração com o nosso site. 

 

Texto por João Moura; Fotografia por Daniela K Monteiro

 

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter